Xingatório da Imprensa

quarta-feira, setembro 24

Gente (nem tão) boa
A atual passagem de Joaquim Ferreira dos Santos pelo Globo começou com uma desavergonhada reciclagem de textos publicados no Jornal do Brasil. Agora, como mostra a primeira nota de hoje, o colunista resolveu comprar as cascatas que circulam na Internet.

Cuidado, gente boa, tem novo golpe na praça. Ele é mais comum nos pontos boêmios. Depois de perguntar no bar quem é o dono de certo veículo, estacionado num lugar distante, um sujeito informa que o tal carro está atrapalhando a saída. O motorista solícito vai até lá retirá-lo. Volta sem a carteira e o carro.

Assaltante esperto esse, não? Em vez de simplesmente esperar uma vítima aparecer, perto dos carros, vai atrás do sujeito no bar. Chama a atenção de um monte de gente e percorre um longo trajeto ao lado de um desconhecido para assaltá-lo. Inteligência pura.

Mas o mais interessante é que essa dica quentíssima já entope as caixas postais dos internautas brasileiros há pelo menos seis meses. E o pequeno detalhe: é mentira.
Xingado por Elpydio 1:53 da tarde

segunda-feira, setembro 22

O 13º andar do Jornal do Brasil vive uma segunda-feira de festa. Hildegard Angel acaba de inaugurar oficialmente a nova decoração de sua sala. Todo o espaço é revestido com papel-de-parede de oncinha. No banheiro, a estampa é de couro de crocodilo. Pela manhã, a colunista abriu a porta e, em voz alta, convocou os colegas: "Estão todos convidados para conhecer a jaula das onças, com direito a cafezinho."

Um luxo.

Xingado por Assis 3:08 da tarde

segunda-feira, setembro 15

Palavra do leitor
O leitor, é óbvio, não é nosso, mas suas palavras deixam uma esperança de que nem tudo está perdido diante das páginas de jornal. Abaixo, o início e o fim da carta publicada no Segundo Caderno de hoje:

Tudo bem que mexe com o imaginário coletivo a filha da célebre Elis cantar a ainda por cima com registro vocal tão parecido. Chega a emocionar a quem, como eu, tanto ama o canto de Elis Regina.
Agora, daí a imprensa, imprensada, pelo lançamento espetaculoso da gravadora Warner, sair trombeteano que "surgiu uma nova estrela", que é "uma cantora perfeita", que "está quase pronta para entrar no escrete", que é "a cantora que todo mundo espera", que "veio como um D. Sebastião salvar a MPB".
Fala sério.

[...]

Sou estudante de Comunicação, portanto, conhecedor das normas que regem o mercado. Mas, sr. Hugo Sukman e sr. João Máximo, pelo amor de Deus, não tirem minhas esperanças. Não me façam crer que está tudo irremediavelmente perdido. (...) A continuar assim, com hipérboles desmedidas, a nova cantora, que nada tem a ver com isso, vai gerar, em mim, apenas um sentimento ao contrário. Maria Rita me irrita! E, seguramente, "nobres" jornalistas, não estou sozinho!


Matheus da Silva Bernasconi Nunes Avenia Puertas
Xingado por Elpydio 12:15 da tarde

terça-feira, setembro 9

Em tempos penosos, saúda-se a chegada de qualquer nova publicação. Mas, no caso da revista Newton, de ciência e tecnologia, fica difícil tapar os olhos para os atentados à língua portuguesa. Nas legendas de uma única infografia, o público é saudado com os seguintes regalos:

Devido a erosão, as bordas da camada arenosa, aparecem na superfície - são os afloramentos.

A lava vulcânica decorrente de erupções ocorridas a mais de 100 milhões de anos...

O arenito fica tão esprimido que quando se cava um poço, a água pode jorrar...

Xingado por Elpydio 3:11 da manhã

Powered by Blogger

 

Assis Gutenberg e Elpydio Phragoso mostram que a imprensa brasileira não evoluiu muito no último século.

E-mails educados para: assisgutenberg@bol.com.br
elpydiophragoso@yahoo.com

Arquivo Morto
current